Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MSS

Serviço Social Internacional (2 º Sem 2019/2020)

Código: 00053
Acrónimo: 00053
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 20.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 21.0 h/sem 129.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos Não tem
Objectivos Aprofundar o estudo e desenvolver análises comparativas  sobre os problemas sociais globais, o trabalho em rede do Serviço Social  e as políticas de bem-estar social numa perspectiva internacional.
Programa I Serviço Social Internacional
1.Problematizar o conceito no quadro da FIAS
2.Standards internacionais da diversidade étnica e cultural
3.Serviço Social e contextos sociais e político
4.Impacto da globalização económica, social e cultural no Serviço Social
II Questões sociais internacionais
1.Sistema de proteção e segurança social europeu e internacional
2.Mobilidade social e livre circulação de pessoas
3.Imigração e Emigração, acolhimento, integração e intervenção social
4.Standards internacionais para a intervenção social com reclusos estrangeiros
5.Refugiados
6.Rapto, tráfico de seres humanos e turismo sexual de crianças
III Planos de Ajuda Humanitária
1.Plano contra a Fome. FAO
2.Plano de prevenção e tratamento do HIV-SIDA
3.Plano de prevenção e tratamento da Tuberculose
IV Desafios contemporâneos de Serviço Social Internacional
1.Pobreza, emprego e coesão social
2.Democracia, direitos e cidadania
3.Conflitos armados
4.Catástrofes naturais e ambientais
Processo de avaliação Periódica 3ªaula cada aluno tem de entregar uma indicação de tema a tratar conjuntamente com informação os procedimentos, metodologias e bibliografia de base a usar no tratamento do mesmo (2p)30% trabalho escrito individual sobre um tema do programa (paper10p). O trabalho será um estudo comparativo ao nível internacional ou europeu, demonstrando conhecimento da problemática teórica.70% Ou Avaliação por exame 100% O trabalho final deve ser entregue 20 dias após a finalização do semestre.
Processo de ensino-aprendizagem O estudo individual, tendo por base a bibliografia de trabalho, será orientado e apoiado pela realização de aulas teóricas. O desenvolvimento de competências profissionais e de operacionalização analítica será testado na realização de um trabalho escrito sobre temas da unidade curricular. Os materiais de apoio  para além das referências bibliográficas em sentido estrito, outros textos, relatórios ou documentos que compilam informações teóricas ou empíricas sobre os temas abordados.
Observações
Bibliografia básica Journal, International Social Work. 60th anniversary! Volume 60, number3, may 2017.

Lyons, Karen; Hokenstad, Terry; Pawar, Manohar; Huegler, Nathalie;and Hall Nigel (2012). International Social Work. The Sage Handbook.Sage Publications, London

Varela, Raquel (Coord) (2013). A Segurança Social é Sustentável. Trabalho, Estado e Segurança Social em Portugal. Lisboa, Bertrand Editora

DESLAURIERS, Jean-Pierre et Hurtubise, Yves. (2005) Le Travail Social Internacional. Elements de Comparaison. Les Presses de LÚniversité Laval. Canada.
PAYNE, M. (2001). SOCIAL WORK EDUCATIONAL STANDARDS. IN (ED.) HESSLE, S. INTERNATIONAL STANDRS SETTING HIGHER SOCIAL WORK EDUCATION. STOCKOLM UNIVERSITY; STOCKHOLM STUDIES OF SOCIAL WORK.
LORENZ, W. (2001). SOCIAL WORK IN EUROPE ? PORTRAIT OF A DIVERSE PROFESSIONAL GROUP. IN (ED.). HESSLE, S. INTERNATIONAL STANDRS SETTING HIGHER SOCIAL WORK EDUCATION. STOCKOLM UNIVERSITY; STOCKHOLM STUDIES OF SOCIAL WORK.
Bibliografia complementar DOMINELLI, L.D. (1996). DEPROFESSIONALIZING SOCIAL WORK: ANTI-OPRESSIVE PRACTICE COMPETENCIES AND POST-MODERNISM. BRITISH JOURNAL OF SOCIAL WORK. 26:153-175.

INFORMATIONS SOCIALES . REVUE EDITEE PAR LA CAISSE NATIONALE DES ALLOCATIONS FAMILIALES 23, RUE DAVIEL.PARIS

JOURNAL OF EUROPEAN SOCIAL POLICY . VOL. 17, NUMBER 2 MAY, 2007. ED.
SAGE PUBLICATIONS.

WILLIAMS, L.O. AND SEWPAUL, V. (2004). MODERNISM, POSTMODERNISM AND GLOBAL STANDARDS SETTING. SOCIAL WORK EDUCATION.
RAEPENBUSCH. Preface de Melchior Wathelet (2001) ? la Sécurité Sociale des travailleurs européens. Principes directeurs et grands arrêts de la cour de justice des communautés européens. The borak Université. Bruxelas.

YOUTH JUSTICE. THE JOURNAL OF THE NATIONAL ASSOCIATION FOR YOUTH JUSTICE. SAGE PUBLICATIONS.
SEGURANÇA Social. Um novo consenso. (2002), Departamento de cooperação, Ministério da Segurança Social e do Trabalho de Portugal, 1ª edição.
CRITICAL Social Policy (February, 2007). A journal of theory and Practice in Social Welfare. issue 90. Vol. 27(1). Ed. Sages Publications.