Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  DCTI

Seminários de Investigação e Comunicação em Ciências e Tecnologias de Informação I (2 º Sem 2019/2020)

Código: 00343
Acrónimo: 00343
Nível: 3º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 4.0 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 24.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 3.0 h/sem 27.0 h/sem 73.0 h/sem 0.0 h/sem 100.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos Idealmente, o aluno deve ter feito as UCs Métodos de Investigação em Ciências e Tecnologias da Informação (1) e Projeto de Investigação em Ciências e Tecnologias da Informação (1) antes de fazer Seminários de Investigação e Comunicação em Ciências e Tecnologias da Informação (1).
Objectivos Existem duas UCs de seminários de investigação e comunicação. O principal objetivo de ambas é avaliar se o projeto de investigação do aluno está no caminho certo para a obtenção do doutoramento, se há alterações de rumo a fazer, ou se deve ser projetada outra via (e.g., Diploma de Estudos Avançados). Esta avaliação será feita em diferentes momentos. A primeira destas UCs, Seminários de Investigação e Comunicação em Ciências e Tecnologias da Informação (1), a que esta FUC diz respeito, implementa essa avaliação numa fase inicial do projeto (que se sugere seja o segundo semestre). Seminários de Investigação e Comunicação em Ciências e Tecnologias da Informação (2) fará o mesmo numa fase mais avançada.
Programa Esta UC não tem um programa típico. Em vez disso, a UC organizará o conjunto de apresentações de todos os alunos que tenham atingido a fase em que a UC deve ser feita, bem como possíveis outras apresentações convidadas.

Todos os alunos do programa têm de assistir às apresentações dos seus colegas, mesmo que já tenham feito a cadeira
Processo de avaliação Cada aluno tem de fazer uma apresentação constituída por dois elementos: um documento escrito de suporte, e a apresentação ao vivo

Cada um destes elementos é avaliado relativamente à qualidade do conteúdo e à qualidade da comunicação.

NOTA = 30% x (conteúdo(apresentação) + conteúdo(documento))/2 +
      70% X (comunicação(apresentação) + comunicação(documento))/2

A nota final será dada pelo responsável da UC depois de conhecer a sugestão do orientador do aluno
Processo de ensino-aprendizagem Dado que a UC não tem um programa com tópicos a serem transmitidos ao aluno, também não existe um processo formal de ensino-aprendizagem. Em vez disso, os materiais disponíveis no Sítio Web da UC juntamente com a bibliografia sugerida devem ser usados individualmente por cada aluno, com a orientação dos seus orientadores, para conceber uma apresentação oral e escrita do seu trabalho, a qual deve satisfazer os princípios básicos da comunicação de investigação.
Observações Embora os critérios de avaliação variem com a natureza do projeto de investigação, espera-se que os alunos avaliados em Seminários (1) sejam capazes de apresentar uma visão distanciada daquilo que foi escrito e proposto em Projeto (1). Devem ser salientados os aspetos mais importantes, devem ser apontadas soluções para alternativas avaliadas, e devem ser apresentadas diferenças em relação a abordagens originalmente pensadas. Para além dos requisitos da proposta de investigação apresentada na candidatura, é um aspeto muito positivo que o aluno mostre, ainda que superficialmente, como vai atingir os objetivos traçados para o seu projeto. Não basta que se diga ?vamos usar redes neuronais?, por exemplo. Seria mais confortável se a abordagem concreta fosse descrita, ainda que por alto  (o tipo de rede, o número de camadas escondidas, os inputs, os outputs, os exemplos de treino, por exemplo)
Bibliografia básica The course web site makes available a set of videos about good and bad presentations (in general) and examples of good seminar presentations by former students. The course web site also makes available a document with guidelines about the course goals and evaluation criteria
Additionally, the course recommends the following bibliography:
Ivan Valiela. 2001. Doing Science: Design, Analysis, and Communication of Scientific Research. Oxford University Press. New York

Christopher Turk; John Kirkman. 1989. Effective Writing: Improving Scientific, Technical, and Business Communication. E & FN Spon, 1989

Bucchi, M. & Trench, B. (Eds.) (2008). Handbook of Public Communication on Science and Technology. London: Routledge

Cheng, D., Claessens, M., Gascoigne, T., Metcalfe, J., Schiele, B., & Shi, S. (eds.) (2008). Communicating Science in Social Contexts: New models, New Practices. New York: Springer
Bibliografia complementar Ivan Valiela. 2001. Doing Science: Design, Analysis, and Communication of Scientific Research. Oxford University Press. New York

Christopher Turk; John Kirkman. 1989. Effective Writing: Improving Scientific, Technical, and Business Communication. E & FN Spon, 1989

Bucchi, M. & Trench, B. (Eds.) (2008). Handbook of Public Communication on Science and Technology. London: Routledge

Cheng, D., Claessens, M., Gascoigne, T., Metcalfe, J., Schiele, B., & Shi, S. (eds.) (2008). Communicating Science in Social Contexts: New models, New Practices. New York: Springer