Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  DGest

Investigação Qualitativa (1 º Sem 2018/2019)

Código: 00379
Acrónimo: 00379
Nível: 3º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Inglês
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 18.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 19.0 h/sem 131.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos -
Objectivos Esta UC pretende proporcionar conhecimentos e competências sobre as abordagens fundamentais, na recolha e análise de dados, na realização de estudos qualitativos.
Programa 1. Caracterização da investigação qualitativa
2. Perspectivas ontológicas, epistemológicas e questões de investigação
3. Design da investigação qualitativa
4. Estratégias de recolha de dados
a. Fontes de evidência, métodos e abordagens
b. Entrevistas
c. Observação
d. Documentos
5. Condução de estudos de caso
6. Análise da dados qualitativa
a. Organização dos dados
b. Abordagens na análise qualitativa
c. Desenvolver argumentos convincentes tendo por base os resultados qualitativos
7. Qualidade/Validade na investigação qualitativa  
Processo de avaliação O sistema de avaliação desta UC baseia-se na preparação de um ensaio indidvidual e na realização de uma prova individual no final das aulas. A nota a atribuir ao aluno resulta, em partes iguais, da pontuação do ensaio individual (50%) e da prova final (50%). A obtenção de uma classificação final inferior a 10 valores resulta na reprovação.  Adicionalmente, é necessária a frequência a pelo menos 80% das aulas. Caso não se verifique esta condição, o estudante reprova à UC.
Processo de ensino-aprendizagem Para a aquisição de competências de análise e síntese, de pesquisa e crítica serão utilizadas as seguintes metodologias de ensino-aprendizagem (ME):1.Expositivas, para apresentação dos quadros teóricos de referência;2.Participativas, com análise e discussão de casos de estudo, e textos de apoio e leituras; 3. Activas, com realização de trabalhos individuais; e 4.Auto-estudo, relacionado com o trabalho autónomo do aluno.
Observações -
Bibliografia básica Marshall, C. and Rossman, G. B. (2015) Designing Qualitative Research, 6th edition, Thousand Oaks, CA: Sage.
Miles, M. B. and Huberman, A. M. (1994) Qualitative Data Analysis, 2nd edition, Thousand Oaks, CA: Sage (revised edition in 2013).
Patton, M. Q. (2002/2015) Qualitative Research and Evaluation Methods, 4rd edition, Thousand Oaks, CA: Sage.
Symon, G. & Cassell, C. (2012). Qualitative Organizational Research: Core Methods And Current Challenges. London: Sage.
Tracy, S.J. (2013). Qualitative Research Methods - Collecting Evidence, Crafting Analysis, Communicating Impact. London:Wiley-Blackwell.
Yin, R. K. (2009/2018) Case Study Research, 4th edition, Thousand Oaks, CA: Sage.
Bibliografia complementar Bansal, P. &  Corley, K. (2012). 'From the editors: publishing in AMJ - Part 7:What's different about qualitative research?, Academy of Management Journal, 55(3), 509-513.
Barratt, M., Choi, T. Y., & Li, M. (2011). Qualitative case studies in operations management: Trends, research outcomes, and future research implications. Journal of Operations Management, 29(4), 329-342.
Bluhm, D. J., Harman, W., Lee, T. W. & Mitchell, T. R. (2011). Qualitative Research in Management: A Decade of Progress. Journal of Management Studies, 48: 1866-1891.
Duriau, V.J., Reger, R.K., & Pfarrer, M.D. 2007. A Content Analysis of the Content Analysis Literature in Organization Studies: Research Themes, Data Sources, and Methodological Refinements. Organizational Research Methods, 10:5-34.
Gephart, R. (2004). From the editors: qualitative research and the Academy of Management Journal. Academy of Management Journal, 47(4) p. 454-461, 2004.
Guba, E. G., & Lincoln, Y. S. (1994). Competing paradigms in qualitative research. Handbook of qualitative research, 2(163-194).
Pratt, M. G. (2008). Fitting oval pegs into round holes: tensions in evaluating and publishing qualitative research in top North American journals'. Organizational Research Methods, 11, 481-509.
Pratt, M. G. (2009). For the lack of a boilerplate: tips on writing up (and reviewing) qualitative research. Academy of Management Journal, 52, 856-62.
Pratt, M. G. (2015). Crafting and Selecting Research Questions and Contexts in Qualitative Research. Handbook of Qualitative Organizational Research: Innovative Pathways and Methods, 177.
Rouse, E. D. (2016). Beginning's end: How founders psychologically disengage from their organizations. Academy of Management Journal, 59(5), 1605-1629.
Runfola, A., Perna, A., Baraldi, E., & Gregori, G. L. (2017). The use of qualitative case studies in top business and management journals: A quantitative analysis of recent patterns. European Management Journal, 35(1), 116-127.
Silva, S. A., Costa, P. L., Costa, R., Tavares, S. M., Leite, E. S., & Passos, A. M. (2013). Meanings of quality of care: Perspectives of Portuguese health professionals and patients. British journal of health psychology, 18(4), 858-873.
Vuori, T. O., & Huy, Q. N. (2016). Distributed Attention and Shared Emotions in the Innovation Process How Nokia Lost the Smartphone Battle. Administrative Science Quarterly, 61(1), 9-51.
Articles from top academic journals will be assigned to students, for the individual essay, in the beginning of the course.