Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MAE , MCP , MCTRL , MCCTI , MES , MEECult , MEA , MEGC , MEInt , GNM , MPP , MSS , MS

Desenho da Pesquisa (2 º Sem 2019/2020)

Código: 00534
Acrónimo: 00534
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Inglês, Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 20.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 21.0 h/sem 129.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2019/2020
Pré-requisitos - Não aplicável
Objectivos A unidade curricular Desenho da Pesquisa tem como objetivo principal fornecer aos estudantes de nível de mestrado os instrumentos conceptuais e operativos fundamentais para o desenho de um projeto de pesquisa e/ou intervenção em ciências sociais. Tratando-se de uma unidade curricular comum a vários mestrados ela está desenhada para o cumprimento de um objetivo  final: apetrechar os estudantes para a elaboração de um projeto próprio.
Programa 1.A pesquisa como produtora de conhecimento: condições, procedimentos.
a.A pesquisa empírica teoricamente orientada.
b.A pesquisa social como 'problem solving': diagnósticos, avaliações.
c.A ética da investigação nos diferentes tipos de pesquisa.
2.Estratégias metodológicas.
a.Estratégias metodológicas e objectivos da pesquisa.
b.Pesquisa extensiva: grandes inquéritos e bases de dados estatísticos. Exemplos.
c.Pesquisa intensiva: estudos de caso, pesquisa de terreno, observação participante, abordagem etnográfica. Exemplos.
d.A investigação acção e a intervenção social. Exemplos.
e.Pesquisa comparativa: objectivos e problemas da comparação. Exemplos.
f.Os 'métodos combinados'. Exemplos.
3.Como desenhar um projecto de pesquisa e/ou intervenção.
a.Formulação do problema e definição de objetivos.  
b.Conceptualização.
c.Operacionalização e observação.
d.Redação do projeto.
Processo de avaliação A avaliação implica por parte dos estudantes as seguintes modalidades de trabalho pessoal:
- Participação nas aulas e leitura cuidadosa da bibliografia de trabalho (15%);
- Apresentação sintética em aula do seu projeto (20%);
- Elaboração de um projeto  de pesquisa e/ou intervenção - trabalho escrito final (individual) (65%).

A avaliação desta UC não contempla a realização de exame escrito final.
Processo de ensino-aprendizagem O processo de ensino-aprendizagem articula sessões teórico-práticas de transmissão de conhecimentos, sessões seminariais de apresentação e discussão de projetos (às quais é dada prevalência), sessões tutoriais e trabalho autónomo dos estudantes.
Observações -
Bibliografia básica Babbie, E (1989) The practice of social research. Belmont: CWP.
Blaikie, N (2007) Approaches to social enquiry: advancing knowledge. Cambridge: Polity Press.
Bryman, A (2012) Social Research Methods, Oxford: OUP.
Burgess, R (2001) A pesquisa de terreno. Oeiras: Celta.
Campenhoudt, L van (2003) Introdução à análise dos fenómenos sociais. Lisboa: Gradiva.
Creswell, J W (2003) Research design: qualitative, quantitative, and mixed methods approaches. Thousand Oaks: Sage.
Della Porta, D & M. Keating (eds) (2008) Approaches and Methodologies in the Social Sciences. A Pluralist Perspective. Cambridge: Cambridge University Press.
Ragin, C (1994) Constructing social research. The unity and diversity of method. Thousand Oaks: Pine Forge.
Silva, A S & Pinto, J M, org (1986) Metodologia das Ciências Sociais. Porto: Afrontamento.
King, G, Keohane, R & Verba, S(1994) Designing social inquiry. Princeton: Princeton University Press.
Bibliografia complementar Na medida em que o desenho de pesquisa pode ter algumas especificidades em função da área científica de pesquisa, listam-se abaixo algumas sugestões de suporte bibliográfico.

Mestrado em Administração Escolar
Se necessário, solicitar referências adicionais ao(s) docente(s).

Mestrado em Ciência Política
Johnson, J B & Reynolds, H T (2020) Political Science research methods, 9ª ed. Los Angeles: Sage.
Silverman, D (2018) Doing qualitative research. Los Angeles: Sage.
Pollock III, Philip H.& Edwards, B C (2019) The Essentials of political analysis. 6ªed., Washington D.C.: CQ Press.

Mestrado em Ciências do Trabalho e Relações Laborais
Se necessário, solicitar referências adicionais ao(s) docente(s).

Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Treadwell, D, & Davis, A (2016) Introducing communication research: Paths of inquiry. Thousand Oaks: SAGE Publications, 3ª ed.
Berger, A. A. (2018). Media and communication research methods: An introduction to qualitative and quantitative approaches. Thousand Oaks: SAGE Publications.
Kubitschko, S., & Kaun, A. (eds). (2016) Innovative methods in media and communication research. Cham: Palgrave Macmillan.

Mestrado em Educação e Sociedade
Bogdan, R & Biklen, S (1994) Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.

Mestrado em Estudos Africanos
Ouédraogo, J-B & Cardoso, C (ed) (2011)  Readings in methodology: African Perspectives. Dakar: CODESRIA. Em linha: https://www.codesria.org/spip.php?article1502&lang=en
Zeleza, T (ed) (2006) The Study of Africa. Disciplinary and interdisciplinary encounters (Vol I). Dakar: CODESRIA.
Zeleza, T (ed) (2007) The study of Africa. The global and transnational engagements (Vol II). Dakar: CODESRIA.

Mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura
Se necessário, solicitar referências adicionais ao(s) docente(s).

Mestrado em Estudos Internacionais
Lamont, C (2015) Research methods in International Relations. Thousand Oaks: Sage Publications  (capitulo 1 on-line em:
https://uk.sagepub.com/sites/default/files/upm-binaries/71316_Lamont_Research_Methods_in_International_Relations_Chapter_1.pdf).
Sprinz, D F & Wolinsky, Y (eds.) (2004) Cases, numbers and models: International Relations research methods. Ann Arbor: Michigan University Press. (Em linha: https://pdfs.semanticscholar.org/89c3/34b5c514acb817b8862dcdf675bd7d4863de.pdf
Klotz, A & Prakash, D (eds), Qualitative methods in International Relations: A pluralist guide. New York: Palgrave, 2008. (v. plataforma e-learning)

Mestrado em Estudos Urbanos
Abrahamson, M (2017) Studying cities and city life: an introduction to methods of research. London: Routledge.

Mestrado em Gestão dos Novos Media
Treadwell, D, & Davis, A (2016) Introducing communication research: Paths of inquiry. Thousand Oaks: SAGE Publications, 3ª ed.
Berger, A. A. (2018). Media and communication research methods: An introduction to qualitative and quantitative approaches. Thousand Oaks: SAGE Publications.
Kubitschko, S., & Kaun, A. (eds). (2016) Innovative methods in media and communication research. Cham: Palgrave Macmillan.

Mestrado em Políticas Públicas
Bukve, O (2019) Designing Social Science Research. Cham: Palgrave.
Howard, C (2017): Thinking Like a Political Scientist: A Practical Guide to Research Methods. Chicago: University of Chicago Press.
3) Toshkov, D (2016): Research Design in Political Science. London: Palgrave.

Mestrado em Serviço Social
Bell, L (2017) Research methods for Social Workers. Londres: Palgrave.
Hardwick, L et al (eds) (2017) Innovations in Social Work Research. London: Jessica Kingsley Publishers.
Shaw, I, Briar-Lawson, K, Orme, J & Ruckdeschel, R (2010) The Sage Handbook of Social Work Research. Londres: Sage.

Mestrado em Sociologia
Becker, H S (2017) Evidence. Chicago: The University of Chicago Press.
Blaikie, N (2010) Designing Social Research. The logic of Anticipation. Cambridge: Polity Press.

Outras referências bibliográficas complementares
Beckett, C (2010) Assessment and intervention in social work. Sage Publications: London.
Booth, W C, Colomb, G G e Williams, J M (2003) The Craft of Research. Chicago: The University of Chicago Press.
Brady, H E & Collier, D (2004) Rethinking Social Inquiry: Diverse Tools Shared Standards. Lanham: Rowman & Littlefield Publishers.
Brannen, J (2005) Mixed methods research: a discussion paper, Economic & Social Research Council, National Centre for Research Methods. URL: http://eprints.ncrm.ac.uk/89/1/MethodsReviewPaperNCRM-005.pdf
Carvalho, H (2004) Análise Multivariada de Dados Qualitativos. Lisboa: Sílabo.
Dogan, M & Pelassy, D (1990, 1984) How to Compare Nations. Strategies in Comparative Politics. New Jersey: Chatham House Publishers.
European Institute of Public Administration (2004) Improving an organization through self-assessment? common assessment framework. Maastricht: European Institute of Public Administration.
Foddy, William (1996) Como perguntar. Teoria e Prática da construção de perguntas para entrevistas e questionários. Oeiras: Celta Editora.
Ghiglione, R & Matalon, B (1992) O Inquérito. Teoria e Prática. Oeiras: Celta Editora.
Oyen, Else (1990) Comparative methodology. Theory and practice in international social research. London: Sage.
Quivy, R & Champenhoud, L (2003), Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva.
Ragin, C C. (1987) The Comparative Method: Moving Beyond Qualitative and Quantitative Strategies. Berkeley/Los Angeles/London: University of California Press.
Schiefer, U, et al. (2007) Método aplicado de planeamento e Avaliação. Manual de Planeamento e Avaliação de Projectos. Estoril: Editora Principia.
Scott, J. (1990) A Matter of Record: Documentary Sources in Social Research. Cambridge: Polity Press.
Silverman, D (ed.) (2011) Qualitative Research. London: Sage.
Turner, F J. (2005). Social Work Diagnosis in Contemporary Practice. New York, Oxford: University Press.
Turner, Jonathan (2005) "A new approach for theoretically integrating micro and macro analysis", in Craig Calhoun, C. Rojek,B. Turner (Ed.) , The Sage Handbook of Sociology. London: Sage Publications.
Whyte, William Foote (ed.) (1991) Participatory Action Research. London: Sage Publications.