Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MEA , MEA

Globalização e Relações Internacionais em África (2 º Sem 2018/2019)

Código: 00561
Acrónimo: 00561
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 20.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 21.0 h/sem 129.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos Nenhum
Objectivos Fornecer aos mestrandos os instrumentos teóricos, conceptuais e metodológicos que lhes permitam:
- analisar criticamente realidades, problemas e desafios do continente Africano face aos processos de globalização.
- analisar criticamente a produção de conhecimento sobre África, no âmbito das Relações Internacionais e dos estudos sobre Globalização.
- problematizar temas concretos a partir de conceitos e teorias fundamentais para a elaboração do pensamento crítico.  
Programa I - África e Relações Internacionais
1.Introdução às Relações Internacionais (paradigmas, conceitos, instrumentos)
2. Os lugares de África nas Relações Internacionais

II - África e Globalização
1. Perspetivas teóricas sobre Globalização
2. África nas teorias da Globalização

III - Relações internacionais em África
1. A inserção de África no sistema internacional contemporâneo
2. Para além dos Estados: contributos africanos na estruturação das relações internacionais

IV - Os lugares de África na esfera global
1. África nos processos de globalização. Mobilidade e crise. Transformações políticas, económicas, sociais
2. África e o pensamento global. Afropolitismo. Novos pan-africanismos

V - Contextos africanos: violências e pazes
1. Conceitos: violências, conflito, guerra e paz
2. Violências e pazes em contextos africanos. Estudos de caso
3. Migrações e refugiados
4. Dimensão internacional da violência e da paz
Processo de avaliação 1. Avaliação contínua
a) qualidade da participação na aula e demonstração da leitura dos textos obrigatórios (mínimo de presença em 70% das aulas) (20%);
b) redação de um ensaio sobre problemáticas abordadas no programa (5500 a 6000 palavras) (80%).
 
2 - Avaliação por exame (100%).
Processo de ensino-aprendizagem O programa privilegia a discussão de textos previamente distribuídos em conjugação com a exposição e discussão de conceitos, teorias e ferramentas analíticas dos conteúdos. Os suportes audiovisuais são também utilizados e incentiva-se o debate sobre questões da atualidade relacionadas com o programa da unidade curricular.
Observações
Bibliografia básica Brown, C.; K. Ainley (2005) Understanding International Relations. New York: Palgrave Macmillan
Chowdhry, G.; Nair, S. (eds.) (2002) Power, Postcolonialism and International Relations. Reading race, gender and class. London: Routledge
Clapham, C. (1996) Africa and the International System: The Politics of State Survival. Cambridge: Cambridge University Press
Comaroff J.; Comaroff J.L. (2012) Theory from the South. Or, How Euro-America is Evolving Toward Africa. Boulder/London: Paradigm Publishers
Cooper, F. (2016) Histórias de África. Capitalismo, Modernidade, Globalização. Lisboa: Ed 70
Duffield, M. (2001) Global Governance and the New Wars The Merging of Development and Security. London/New York: Zed Books
Ferguson, J. (2006) Global Shadows: Africa in the Neoliberal World Order. Duke University Press
Mbembe, A. (2016) Politiques de l'inimité. Paris: Éditions La Découverte
Mbembe, A. (2013) Sortir de la grande nuit. Essai sur l'Afrique décolonisée. Paris: La Découverte
Bibliografia complementar Brown, W. (2006) "Africa and international relations: a comment on IR theory, anarchy and statehood" Review of International Studies 32: 119-143

Niang, A. (2016) "The imperative of African perspectives on International Relations (IR)" Politics, 0263395716637092. http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/0263395716637092  

Agathangelou, A. M.; Ling, L.H.M. (2004) "The House of IR: From Family Power Politics to the Poisies of Worldism" International Studies Review 6: 21-49

Acharya, A. (2011) "Dialogue and Discovery: In Search of International Relations Theories Beyond the West" Millennium: Journal of International Studies 39(3): 619-637

Chowdhry, G.; Rai, S. M. (2009) "The Geographies of Exclusion and the Politics of Inclusion: Racebased Exclusions in the Teaching of International Relations" International Studies Perspectives 10: 84-91
 
Harman, S; Brown, W. (2013) "In from the margins? The changing place of Africa in International Relations" Journal International Affairs: promoting dialogue between academics and policymakers 89: 69 - 87 (18)

Seth, S. (2011) "Postcolonial Theory and the Critique of International Relations" Millennium: Journal of International Studies 40(1): 167-183

Hayden, P. (2006) Critical Theories of Globalization. London: Palgrave Macmillan

Ferguson, J. (2010) "The uses of neoliberalism" Antipode 41 (S1): 166184

Vários Autores (2010) Janus. Anuário de Relações Exteriores. Dossier: Meio século de Independências Africanas. Lisboa: Observare-UAL/Público

Meneses, P. (2016) "A questão negra entre continentes: possibilidades de tradução intercultural a partir das práticas de luta?" Sociologias 18 (43): 176-206

Gruffydd, B; Jones, G. (2011) "Anti-racism and emancipation in the thought and practice of Cabral, Neto, Mondlane and Machel" in Shilliam, R. (ed.) International Relations and Non Western Thought Imperialism, colonialism and investigations of global modernity. London/New York: Routledge

Honwana, A. (2014) "Waithood": Youth transitions and social change. Response to Syed Mansoob Murshed" in Foeken, Dick; Dietz, Ton; Haan, Leo; Johnson, Linda (eds.)   Development and Equity An Interdisciplinary Exploration by Ten Scholars from Africa, Asia and Latin America. Boston: Brill: 19-27

Vigh, H. (2008) "Crisis and Chronicity: Anthropological Perspectives on Continuous Conflict and Decline" Ethnos: Journal of Anthropology 73(1): 5-24

Números temáticos Revista Cadernos de Estudos Africanos
- 31 | 2016. Movimentos Sociais, Estado e Sociedade Civil em África https://cea.revues.org/
- 24 | 2012. Africanos e Afrodescendentes em Portugal: Redefinindo Práticas, Projetos e Identidades https://cea.revues.org/599  
- 18/19 | 2010. Youth and Modernity in Africa: https://cea.revues.org/68

Agier, Michel (2008) Gérer les indésirables. Des camps de refugiés ao gouvernement humanitaire. Flammarion: Paris, capítulo 1

Borges Coelho, João Paulo (2003) "Da violência colonial ordenada à ordem pós-colonial violenta. Sobre um legado das guerras coloniais nas ex-colónias portuguesas" Lusotopie, 175193

Mbembe, Achille (2003) Necropolitics Public Culture 15 (1): 11-40. Translated by Libby Meintjes

Scheper-Hughes, Nancy; Bourgois, Philippe (2004) "Introduction: Making Sense of Violence" in Scheper-Hughes, Nancy; Bourgois, Philippe (eds.) Violence in War and Peace: An Anthology. Oxford: Blackwell Publishing, 1-27

Sommers, Marc (2011) "Governance, Security and Culture: Assessing Africa's Youth Bulge" International Journal of Conflict and Violence. 5(2): 292-303

Farmer, Paul (2004) "An Anthropology of Structural Violence" Current Anthropology. 45 (3): 305-325

Chabal, Patrick (2009) Africa. The Politics of Suffering and Smiling. London/New York: Zed Books

Cramer, Christopher. 2006. Civil War is not a Stupid Thing. Londres: Hurst, pp. 279-288

Cravo, Teresa Almeida (2013), "Duas décadas de consolidação da paz: as críticas ao modelo das Nações Unidas", Universitas: Relações Internacionais, UniCEUB, 11 (2), 21-37

Graybill, Lynn S. (2004) Pardon, punishment, and amnesia: three African post-conflict methods Third World Quarterly, Vol. 25, No. 6, pp. 1117-1130

Hoffman, Danny (2006) "Disagreement: Dissent Politics and the War in Sierra Leone" Africa Today. 52 (3), 3-22