Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MPSS

Saúde e Relações Sociais (1 º Sem 2019/2020)

Código: 01147
Acrónimo: 01147
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 24.0 h/sem 12.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 37.0 h/sem 113.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos Não se aplica
Objectivos Pretende-se com esta UC, a partir de quadros teóricos da psicologia social,  analisar as relações recíprocas entre a saúde e as relações sociais. É dada particular relevância ao impacto (positivo e negativo) das relações interpessoais sobre a saúde, à análise das formas de intervenção para promover a saúde através da interação social e a utilização de grupos de apoio no contexto de saúde.
Programa P1. Os impactos das relações sociais na saúde
P1.1. Saúde, integração e interacção social. Solidão e saúde.

P2. Modelos teóricos psicossociais da ligação entre saúde e relações sociais
P2.1. A via emocional
P2.2. A via da validação social
P2.3. A via da integração social
P2.4. A via da vinculação

P3. Stress, coping e suporte social
P3.1. Stress e saúde: definições, processos e efeitos; respostas e gestão de stress; avaliação e intervenção
P3.2. Coping e adaptação: processos, recursos e avaliação
P3.3. Suporte Social e Saúde: funções do suporte social, suporte recebido vs percebido, medidas e intervenções

P4. Dinâmica de grupos na saúde
P4.1. Processos de grupo em saúde
P4.2. Feedback e comunicação no grupo
P4.3. Coesão e conflito no grupo
P4.5. Modelos de intervenção em grupos
P4.4. A condução de grupos em contextos de saúde

Processo de avaliação Avaliação periódica
-Presença nas aulas PL (obrigatório)
-frequência com toda a matéria (60%).
-trabalho de grupo sobre uma intervenção grupal de combate à solidão ou ao burnout (20%), com discussão de poster
- ensaio indiv com questão de investigação (20%)
Aprovação: notas superiores a 9.5 valores em cada um dos elementos.
Quem não estiver inscrito ou quem reprove na avaliação periódica, pode ir a exame final (1ª ou 2ª época), se tiver participado nas aulas PL.
Processo de ensino-aprendizagem As metodologias de ensino aprendizagem promovem o trabalho autónomo fora das horas de contacto. Sugere-se que o tempo de trabalho  total (150h) seja distribuído da seguinte forma:
- horas de contacto: 36h
- Trabalho individual: 36h (Teste) + 10 h (TPCs ao longo da UC) + 24h ensaio
- trabalho de grupo: 44h (entrevista e contactos + leituras + análise + escrita)


Observações
Bibliografia básica Friedman, H.S. (Ed.) (2014). The Oxford Handbook of Health Psychology. Oxford: Oxford University Press
Guerra, M.P., Lima, L., & Torres, S. (2013). Intervir em Grupos na Saúde. Lisboa: Climepsi.
Lima, M.L. (2018). Nós e os outros: o poder dos laços sociais. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos.
Lima, M.L., Marques, S., & Bernardes, S. (2014 e 2016). Psicologia Social da Saúde  (volumes 1 e 2). Lisboa: Sílabo
Stroebe, W., & Stroebe, M.S. (1995). Psicologia Social e Saúde. Lisboa: Instituto Piaget.
[PS.120 STR*Soc]
Bibliografia complementar Relações sociais e saúde
Haslam, C., Jetten, J., Creuwys, T, Dingle, G.A., & Haslam, S.A. (2018). The New Psychology of Health: Unlocking the social cure. London: Routledge.
Jetten, J., Haslam, C., & Haslam, S.A. (2011). The Social Cure: Identity, Health and Well-Being. London: Taylor & Francis. [S.301 Soc,6]
Ryff, C. D., & Singer, B. (2001). Emotion, Social Relationships, and Health. New York: Oxford University Press. [PS.122 Emo,1]

Stress e Coping
Cooper, C. L., & Payne, R. E. (1991). Personality and stress: Individual differences in the stress process. John Wiley & Sons.[ PS.122 Per]
Fink, G. (Ed.). (2016). Stress: Concepts, Cognition, Emotion, and Behavior: Handbook of Stress Series (Vol. 1). Academic Press. [PS.123 FIN*Str]
Folkman, S. (2013). Stress: appraisal and coping. In Encyclopedia of behavioral medicine (pp. 1913-1915). Springer New York.
Lazarus, R., & Folkman, S. (2004). Stress, appraisal and coping. Springer: New York.[ PS.123 LAZ*Str]
Snyder, C. R. (Ed.). (1999). Coping: The psychology of what works. Clarendon Press.[ PS.123 Cop]
Suedfeld, P. (1997). Handbook of Stress, Medicine, and Health. Boca Raton : CRC Press. [PS.122 Han,2]
Zeidner, M., & Endler, N. S. (Eds.). (1996). Handbook of coping: Theory, research, applications (Vol. 195). John Wiley & Sons.[PS.122 Han,7]

Suporte Social
Cohen, S., Underwood, L.G., & Gottlieb, B.H. (2000). Social Support Measurement and Intervention: A Guide for Health and Social Scientists. New York: Oxford University Press. [S.205 Soc]
Uchino, B. N. (2004). Social support and physical health: Understanding the health consequences of relationships. Yale University Press [PS.131 UCH*Soc]

Dinâmica de grupos
Forsyth, D.R. (1999). Group dynamics. Belmont: Wadsworth . [PS.132 FOR*Gro 6ªed.]
Guerra, M.P., Lima, L., & Torres, S. (2013). Intervir em Grupos na Saúde. Lisboa: Climepsi.
Kurtz, L.F. (1997). Self-help and support groups. A hand-book for practicioners. London: Sage. [PS.132 KUR*Sel]