Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MPRI

Psicologia da Comunicação Intercultural (1 º Sem 2016/2017)

Código: 01688
Acrónimo: 01688
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Inglês
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 24.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 25.0 h/sem 125.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2015/2016
Pré-requisitos Esta Unidade Curricular requer um domínio da língua inglesa no nível B do sistema Europass, uma vez que as aulas poderão ser lecionadas integralmente em inglês por professores portugueses e/ou estrangeiros. Para facilitar a compreensão, os/as alunos/as cuja língua preferencial é o português poderão realizar atividades e receber explicações em português. Todos as provas de avaliação poderão ser realizadas em português ou em inglês, cabendo a escolha da língua ao/à estudante.
Objectivos Esta UC visa fornecer conhecimentos necessários à compreensão dos factores que podem dificultar ou facilitar os encontros entre pessoas de diferentes culturas (ao nível doméstico ou global).
Programa CP1) Introdução à psicologia cultural
a) O que é a cultura
b) Cultura e psicologia social
c) Porque é importante estudar a cultura
d) Como podemos medir cultura
CP2) Comunicação verbal e não-verbal
e) Conceitos básicos sobre comunicação humana
f) O que é a comunicação intercultural
g) Cultura e comunicação verbal
h) Cultura e comunicação não-verbal
CP3) Competência intercultural
i) Treino intercultural
j) Reflexões sobre relativismo cultural
CP4) As dinâmicas da aculturação:
k) Mutualidade na aculturação: teorias da aculturação e relações intergrupais
l) Dinâmicas intergrupais que afectam a aculturação
CP5) Uma perspectiva aplicada
m) Mentoriaintercultural e integração (convidado)
n) Conceitos básicos: migrantes, refugiados e algumas diferenças nos subgrupos de recém-chegados
CP6) A psicologia social do multiculturalismo:
o) O que é o multiculturalismo
p) Duas perspectivas: o indivíduo migrante e a cultura maioritária
Processo de avaliação Avaliação Contínua:

Presença em 80% das aulas e participação nas actividades da aula. A avaliação é ainda feita com base numa apresentação de grupo (40%) e num teste de escolha múltipla a realizar no final do semestre (60%) que envolverá os conceitos básicos, teorias e tópicos discutidos ao longo do curso.

Avaliação em Exame Final:
- teste padronizado de verificação dos conhecimentos fundamentais (100%). O teste terá lugar na 1.ª e na 2.ª Épocas de Avaliações.
Processo de ensino-aprendizagem Lições teóricas e exercícios práticos serão usados. Os alunos aprenderão os fundamentos teóricos para esta disciplina através de lições teóricas e lendo artigos relevantes que serão especificados para cada aula. Isto será complementado com actividades práticas: debates activos na aula (preparados de antemão), observação e análise de problemas de comunicação intercultural numa variedade de contextos.
Observações Nada a referir-
Bibliografia básica - Heine, S. J. (2010). Cultural psychology (2nd ed.). New York: W. W. Norton & Company.
- Manusov, V. & M. L. Patterson. M. L. (Eds) (2006). The Sage book of nonverbal communication. Thousand Oaks, CA: Sage Pubblications.
- Matsumoto, D. (2010). The APA Handbook of intercultural communication. American Psychological Association.
- Berry, J., & Sam, D (2014). Multicultural societies. In V. Benet-Martínez & Y-y Hong (Eds), Oxford handbook of multicultural identity, Oxford University Press.
- Deaux, K., & Verkuyten, M. (2014). The social psychology of multiculturalism: Identity and intergroup relations. In V. Benet-Martínez & Y-y Hong (Eds), Oxford handbook of multicultural identity, Oxford University Press.
- Schwartz, S. J., Vignoles, V. L., Brown, R., & Zagefka, H. (2014). The identity dynamics of acculturation and multiculturalism: Situating acculturation in context. In V. Benet-Martínez & Y-y Hong (Eds), Oxford handbook of multicultural identity, Oxford University Press.
Bibliografia complementar Hofstede, G. (2011). Dimensionalizing Cultures: The Hofstede Model in Context. Online Readings in Psychology and Culture, 2(1). http://dx.doi.org/10.9707/2307-0919.1014

Markus, H. R., & Kitayama, S. (2010). Cultures and Selves: A Cycle of Mutual Constitution. Perspectives on Psychological Science, 5 (4 ), 420-430. doi:10.1177/1745691610375557

Hofstede, G., & Pedersen, P. (1999). Synthetic cultures: Intercultural learning through simulation games. Simulation & Gaming, 30(4), 415-440.

Fiedler, F. E., Mitchell, T., & Triandis, H. C. (1971). The culture assimilator: An approach to cross-cultural training. Journal of Applied Psychology, 55(2), 95-102.

Herfst, S. L., van Oudenhoven, J., & Timmerman, M. E. (2008). Intercultural effectiveness training in three Western immigrant countries: A cross-cultural evaluation of critical incidents. International Journal Of Intercultural Relations,32(1), 67-80.

Barker, M. C., & Mak, A. S. (2013). From classroom to boardroom and ward: Developing generic intercultural skills in diverse disciplines. Journal of Studies in International Education, 17(5), 573-589.

Leong, C.H. & Liu, J.H. (2013). Whither Multiculturalism? Global identities at a Cross-road, International Journal of Intercultural Relations, Special Issue on Multiculturalism, 37(6), 657-662.

Noor, N.M., & Leong, C.H. (2013).  Multiculturalism in Malaysia and Singapore: Contesting Models, Internationl Journal of Intercultural Relations, Special Issue on Multiculturalism, 37(6), 714 - 726.

Verkuyten, M. (2005). Ethnic group identification and group evaluation among minority and majority groups: Testing the multiculturalism hypothesis. Journal of Personality and Social Psychology, 88, 121-138.

Brown, R., & Zagefka, H. (2011). The dynamics of acculturation: An intergroup perspective. In M. P. Zanna & J. M. Olson (Eds.), Advances in experimental social psychology  (Vol. 44, pp. 129-184). San Diego, CA: Elsevier Academic Press.

Zagefka, Hanna, Binder, Jens, Brown, Rupert, Kessler, Thomas, Mummendey, Amélie, Funke, Friedrich, Demoulin, Stéphanie, Leyens, Jacques-Philippe and Maquil, Annemie (2014) The relationship between acculturation preferences and prejudice: longitudinal evidence from majority and minority groups in three European countries. European Journal of Social Psychology, 44 (6). pp. 578-589.