Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MCCTI

Teorias em Média e Comunicação (1 º Sem 2018/2019)

Código: 01720
Acrónimo: 01720
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 20.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 21.0 h/sem 129.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos Não aplicável
Objectivos Esta unidade curricular visa a sistematização de paradigmas teóricos e conceitos centrais na análise da comunicação e da mediação via media como fenómenos sociais, culturais, económicos e políticos; reportados a problemáticas e debates contemporâneos no quadro da abordagem interdisciplinar das ciências sociais sobre as realidades contemporâneas da comunicação e dos media.
Programa 1 - Introdução ao estudo da Comunicação e Media
- Definições e enquadramentos para uma abordagem científica da comunicação.

2 - Teorias clássicas de media e Comunicação
- Teoria hipodérmica
- Teoria ligada à abordagem empírico-experimental: persuasão
- Teoria que deriva da pesquisa empírica de campo: efeitos limitados
- Teoria de base estrutural-funcionalista das comunicações de massa
- Teoria crítica dos mass media e indústrias culturais
- Teoria culturológica
- Cultural Studies
- Teorias comunicativas

3 - Media e construção da realidade
- Agenda-setting
- Newsmaking
- Gatekeeping
- Framing

4 - Novos media e novos desenvolvimentos teóricos
- As teorias da Domesticação das TIC
- Digital Divide
- Cultura Participativa
Processo de avaliação A avaliação de conhecimentos baseia-se num trabalho/teste a entregar no fim do semestre (100%)

Processo de ensino-aprendizagem A metodologia de ensino combina exposição docente e intervenção discente. Espera-se dos estudantes trabalho próprio de apreensão e aprofundamento das temáticas trabalhadas.
Observações
Bibliografia básica CARDOSO, Gustavo e Rita Espanha, Eds. (2006), Comunicação e Jornalismo na Era da Informação, Campo das Letras, Porto
CARDOSO, Gustavo, Rita Espanha e Vera Araújo, eds. (2009), Da Comunicação de Massa à Comunicação em Rede, Porto Editora, Porto
GIDDENS (1998), "A Mediação da Experiência", in Modernidade e Identidade Pessoal, Oeiras, Celta
J.B.THOMPSON (1995), The Media and Modernity, Cambridge, Polity Press
MATTELART (1997), História das Teorias da Comunicação, Lisboa, Campo das Letras
McQUAIL, Denis (2003), Teorias da Comunicação de Massa, Lisboa, Fundação Gulbenkian
SILVERSTONE, Roger (1999), Why Study The Media?, London, Sage
WEBSTER, Frank (Ed.) (2005), The Information Society Reader, London, Routledge
WOLF, Mauro (1987), Teorias da Comunicação, Lisboa, Presença
Bibliografia complementar BRIGGS, Asa; BURKE, P., A Social History of the Media. From Gutenberg to the Internet. Cambridge, Oxford, Polity Press, 2002
CASTELLS, Manuel, A Sociedade em Rede, Lisboa, Fundação Gulbenkian, 2002
DEACON, David. (et al.), Researching Communication, London, Arnold, 1999
GORMAN, L., MCLEAN, C., Media and Society in the Twentieth Century, Blackwell, 2002
LIEVROUW, L.; LIVINGSTONE, S., (Eds.), Handbook of the New Media, London, Sage, 2002
LIEVROUW, L.; LIVINGSTONE, S., (Eds.), New Media, London, Sage, 2009
MACKAY, H., O'SULLIVAN, T., The Media Reader: Continuity and Transformation, London, Sage, 1999
MATTELART, A., e M., História das Teorias da Comunicação, Lisboa, Campo das Letras, 1997
McHALE, John P., Communicating for change : strategies of social and political advocates, Lanham : Rowman & Littlefield Publishers, 2004
McQUAIL, Denis, Teorias da Comunicação de Massa, Lisboa, Fundação Gulbenkian, 2003
PROULX, S., BRETON, P., A Explosão da Comunicação, Lisboa, Bisâncio, 1997
SILVERSTONE, Roger, Why Study The Media?, London, Sage, 1999
THOMPSON, J., The Media and Modernity. A Social Theory of The Media, Cambridge, Polity Press, 1995. (Los Medios e la Modernidad, Barcelona, Paidós, 1998)
WEBSTER, Frank (Ed.), The Information Society Reader , London, Routledge, 2005
WOLF, Mauro, Teorias da Comunicação, Lisboa, Presença, 1995 (1985).
WOLTON, D., E Depois da Internet?, Lisboa, Difel, 2000
CALABRESE & SPARKS (Eds.) (2004), Toward a Political Economy of Culture, Rowman and Littlefield; COWHEY & ARONSON (2009), Transforming Global Information and Communication Markets, The MIT Press; CROTEAU & HOYNES (2005), The Business of Media, Pine Forge; CURRAN & GUREVITCH (eds) (2005) Mass Media and Society, Arnold; DOLFSMA & SOETE (eds.) (2006), Understanding the dynamics of a knowledge economy, Edward Elgar; FISHER, Eran (2010), Media and New Capitalism in the Digital Age, Palgrave Macmillan; JENSEN, K. B. (2010), Media Convergence, Routledge; LIEVROUW &. LIVINGSTONE, (Eds.) (2009), New Media, Sage; LASH & LURRY (2007), Global Cultures industry, Polity Press; MANSELL, R.[et al.] (Eds.) (2007), The Oxford Handbook of ICT, Oxford U Press; MATTELART, A., e M. (1997), História das Teorias da Comunicação, Lisboa, Campo das Letras; O'SULLIVAN, T. (et al. Eds.) (PIETERSE, J. (2009), Globalization and culture: global mélange, Rowman & Littlefield;