Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MCCTI , VdI

Redes Sociais Online (2 º Sem 2017/2018)

Código: 01730
Acrónimo: 01730
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 20.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 21.0 h/sem 129.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2011/2012
Pré-requisitos
Objectivos Abordando em simultâneo uma variedade de media sociais on-line, e valendo-se da literatura teórica da sociologia e media studies, este curso analisa o discurso sobre a comunidade e as redes sociais nas diferentes disciplinas. Partindo da literatura sobre a comunidade, a sociedade, as redes sociais e o capital social, vamos centrar a nossa análise empírica em Threaded Conversations e grupos coesos, Redes de Blogs, Comunidades e Social Network Sites (SNS).
Estes seminários teóricos vão capacitar os alunos para compreenderem a análise das questões sobre a comunidade realizada em diferentes disciplinas, para aplicarem metodologias de diferentes disciplinas no estudo das questões contemporâneas sobre os media, tecnologia e sociedade em configurações diversas, e para estabelecer os fundamentos teóricos e experimentais para sustentar a tomada de decisões e julgamentos críticos sobre a relação entre comunicação mediada e comunidade.

Programa Com o advento das comunidades virtuais,smart mobs,e redes sociais online,as questões sobre o significado do comportamento social assumiram uma significância renovada.Apesar de este curso ser teoricamente fundamentado,é igualmente enraizado na prática.E-mail,newsgroups e fóruns de Internet podem parecer muito diferentes.No entanto,estão todos ligadas pela noção de Threaded Conversations,onde pessoas respondem a comentários uns dos outros.
Relativamente a blogs devemos perceber que nem todo blog é focado em política.OS padrões de vinculação política são um excelente laboratório natural para explorar o comportamento partidário,comunidades emergentes e amostragem em rede.Finalmente,quanto ao SNS,temos por muito tempo ponderou sobre a diferença entre as redes de comportamento,e as redes que temos em nossa cabeça.Os media sociais são um lugar excelente para explorar esta questão, estas redes são feitas para serem pessoalmente significativas e representam conexões de pessoa para pessoa.

Processo de avaliação Os alunos serão avaliados através de um ensaio final. O ensaio deve consolidar uma revisão da literatura actual, uma questão de pesquisa, teoricamente informada sobre as redes sociais online e metodologia de rede orientada. O tópico da redacção deverá ser acordado entre o aluno e o instrutor do curso (s) antes da apresentação. A participação é necessária.
A avaliação baseia-se na qualidade e regularidade de liderança e participação em sala de aula, blogs on-line e envio.
Processo de ensino-aprendizagem Esta é uma aula sobre a teoria e a prática da comunicação social on-line, e cada aluno deverá participar dos textos, o professor e colegas em comum, a discussão, em curso substanciais sobre o assunto - em linha, bem como em pessoa. Cada aluno é obrigado a postar dois posts, um comentário substancial no blog de outro estudante e uma nota wiki pessoal para cada leitura, ainda neste semestre.
Observações
Bibliografia básica Boyd, D. and Ellison, N. B. (2007). Social Network Sites: Definition, History, and Scholarship. Journal of Computer-Mediated Communication, 13(1). Turner, F. (2006). From Counterculture to Cyberculture: Stewart Brand, the Whole Earth Network, and the Rise of Digital Utopianism. Chicago, Illinois: University Of Chicago Press. Castells, Manuel. (2009). Communication Power, Oxford: Oxford University Press. Ellison, N. B., (2007). The benefits of Facebook ?friends?: Social capital and college students. Journal of Computer-Mediated Communication, (12). Weiwu, Zhang, Johnson, Thomas J., Seltzer, Trent, & Bichard, Shannon. (2010). The Revolution Will be Networked: The Influence of Social Networking Sites on Political Attitudes and Behavior. Social Science Computer Review, 28. Wellman, B., Boase, J., & Chen W., (2002). The networked nature of community: Online and Offline. The Journal of IT and Society, 1(1).
Bibliografia complementar