Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  DGest

Seminário de Desenvolvimento Científico em Recursos Humanos e Comportamento Organizacional (1 º Sem 2017/2018)

Código: 01886
Acrónimo: 01886
Nível: 3º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Inglês
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 12.0 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 12.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 13.0 h/sem 287.0 h/sem 0.0 h/sem 300.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2017/2018
Pré-requisitos NA
Objectivos Esta UC pretende proporcionar aos alunos um aprofundamento teórico e metodológico na abordagem dos temas centrais da gestão de recursos humanos e do comportamento organizacional. Focaliza-se no aprofundamento e nos desenvolvimentos actuais da investigação empírica nas áreas em estudo. Pretende-se ainda orientar os alunos para a selecção de áreas de investigação no âmbito da quais tenham interesse em desenvolver a sua tese de doutoramento.
Programa Os conteúdos programáticos da UC estão directamente relacionados com as linhas de investigação do Grupo de Investigação em Comportamento Organizacional e Recursos Humanos do BRU-IUL.

Tema 1: Ajustamento indivíduo ? organização e troca social (identificação organizacional,  compromisso organizacional, suporte organizacional, confiança, socialização, accountability, bem-estar, satisfação no trabalho e desempenho)

Tema 2: Processos e resultados do trabalho em equipa em contexto organizacional: redes, desempenho das equipas, diversidade, processos cognitivos- afectivos e motivacionais nas equipas, conflitos, negociação e tomada de decisão)

Tema 3: Desenvolvimento organizacional e Gestão de recursos humanos (mudança organizacional, cultura, eficácia, recompensas, carreiras, formação, liderança, saúde e segurança, responsabilidade social e empreendedorismo)

Processo de avaliação A avaliação consiste em um trabalho individual a entregar por cada aluno no final da Unidade Curricular (100%). O trabalho consiste na análise crítica de uma das investigações apresentadas e a conexâo com o proprio tópico de investigação.
Processo de ensino-aprendizagem Esta unidade curricular corresponde a 12 ECTS, 300 horas, das quais 25 são de contacto docente/ aluno(a) (24 horas de aulas tipo seminário e 1 hora de orientação tutorial). Será utilizado um conjunto diversificado de métodos de ensino que visam promover a capacidade de aprender do/a aluno/a de uma forma autónoma e contínua. As aulas incluem uma componente expositiva, em que são apresentadas investigações empíricas e os fundamentos teóricos e conceitos básicos de cada um dos temas abordados.
Observações -
Bibliografia básica Dansereau, F., & Yammarino, F. (2003). Multi-level issues in organizational behavior and strategy. Bingley, WA: JAI Press.

Klein, K. J & Kozlowski, S. W. J. (Eds.) (2000). Multilevel theory, research, and methods in organizations. San Francisco: Jossey-Bass

Kozlowski, S. W., & Salas, E. (2009). Learning, training, and development in organizations (SIOP Organizational Frontiers Series). New York: Routledge Academic.

Ostroff, C., & Judge, T. (2007). Perspectives on organizational fit. New York: Lawrence Earlbaum

Salas, E., Goodwin,  G. F. & Burke, C. S. (Eds.) (2009). Team effectiveness in complex organizations: Cross-disciplinary perspectives and approaches (SIOP Frontiers Series). Mahwah, NJ: LEA.
Bibliografia complementar Ashkanasy, N.M., Hartel, C.E.J., & Zerbe W.J. (Eds.) (2000), Emotions in the workplace: Research, theory, and practice. Westport, CT: Quorum Books

Ilgen, D. R., Hollenbeck, J. R., Johnson, M., & Jundt, D. (2005). Teams in organizations: From I-P-O models to IMOI models. Annual Review of Psychology, 56, 517 ? 543.

Oswick, C., Fleming, P, & Hanlon, G. (2011). From borrowing to blending: Rethinking the processes of organizational theory building. Academy of Management Review, 36, 318-337.

Rindova, V. (2008). Editor?s comments: Publishing theory when you are new to the game. Academy of Management Review, 33, 300-303.

Roe, R. (2008). Time in Applied Psychology. The study of ?what happens? rather than ?what is?. European Psychologist, 13(1), 37 - 52.

Suddaby, R. (2010). Editor?s comments: Construct clarity in theories of management and organization. Academy of Management Review, 35, 346-357.