Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MS

Dissertação em Sociologia (2 º Sem 2018/2019)

Código: 01954
Acrónimo: 01954
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
2 30.0 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 14.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 3.0 h/sem 17.0 h/sem 733.0 h/sem 0.0 h/sem 750.0 h/sem
1 18.0 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 10.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 2.0 h/sem 12.0 h/sem 438.0 h/sem 0.0 h/sem 450.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2015/2016
Pré-requisitos Nenhum.
Objectivos O principal objectivo desta UC é o de acompanhamento dos alunos na elaboração da dissertação de mestrado em Sociologia. Para este efeito a formação e informação prestadas envolvem fundamentalmente o desenvolvimento de conhecimentos, competências e capacidades na condução de uma investigação teoricamente fundada e empiricamente sustentada sobre aspectos das sociedades contemporâneas.
Programa 1. Apresentação do seminário. Regulamentação da tese de mestrado.
2. Auscultação de ideias para projectos de pesquisa. Consulta de modelos.
3. Indicações sobre orientação e apoio, e sobre a elaboração do projecto.
4. Elaboração de um projecto de pesquisa (objectivos, teoria, metodologia, empiria, bibliografia). Recursos e obras a consultar.
5. Elaboração do enquadramento teórico e definição de métodos e técnicas.
6. Elaboração do modelo analítico e operacionalização de conceitos.
7. Indicações sobre fontes de dados secundários. Delimitação das fontes de informação secundária.
8. Indicações sobre recolha de informação. Construção dos guiões dos instrumentos de recolha de informação primária.
9. Indicações sobre plano de análise. Elaboração do plano de análise de dados.
10. Indicações sobre tratamento e análise de dados. Esclarecimento de dúvidas sobre análise de dados.
Processo de avaliação A dissertação de mestrado em Sociologia é apresentada e defendida em provas públicas e será avaliada por um júri. A avaliação baseia-se no mérito científico da dissertação nas suas componentes teórica, metodológica e empírica, e na qualidade da sua apresentação e defesa orais, de acordo com os regulamentos do ISCTE-IUL.
Processo de ensino-aprendizagem As aulas desta UC são de tipo seminarial. Incluem componentes expositivas por parte do docente sobre regulamentação da dissertação e organização da pesquisa sociológica, a apresentação oral e de peças escritas pelos alunos de resultados parciais no desenvolvimento da pesquisa, e a discussão colectiva do trabalho subjacente à dissertação de cada aluno. A orientação tutorial envolve o acompanhamento individualizado do trabalho de investigação.
Observações
Bibliografia básica Almeida, João Ferreira de, e José Madureira Pinto (1982), A Investigação nas Ciências Sociais, Lisboa, Editorial Presença.
Bell, Judith (1997), Como Realizar um Projecto de Investigação, Lisboa, Gradiva.
Foddy, William (1996), Como Perguntar. Teoria e Prática da Construção de Perguntas para Entrevistas e Questionários, Oeiras, Celta Editora.
Hantrais, Linda, e Steen Mangen (eds.) (1996), Cross-National Research Methods in the Social Sciences, London, Pinter.
ISCTE (2008), Normas Orientadoras para a Dissertação ou Trabalho de Projecto de Mestrado.
Kielcolt, K. Jill, e Laura E. Nathan (1985), Secondary Analysis of Survey Data, London, Sage.
O'Dochartaigh, Nial (2002), The Internet Research Handbook: a Pratical Guide for Students and Researchers in the Social Sciences, Londres, Sage Publications.
Scott, John (1990), A Matter of Record. Documentary Sources in Social Research, Cambridge, Polity Press.
Valdavida, Magdalena Cordero (1998), Bancos de Datos, Madrid, CIS.
Bibliografia complementar Bourdieu, Pierre (1993), La Misère du Monde, Paris, Éditions du Seuil.
Carreiras, Helena (2004), Gender and the Military: a Comparative Study of the Participation of Women in the Armed Forces of Western Democracies, Tese de Doutoramento, Lisboa, ISCTE.
Casanova, José Luís (2004), Naturezas Sociais. Diversidade e Orientações Sociais na Sociedade Portuguesa, Oeiras, Celta Editora.
Conde, Idalina (1991), "Alvarez: ambiguidades na biografia de um pintor", Sociologia, Problemas e Práticas, nº 9.
Freire, André (2006), Esquerda e Direita na Política Europeia. Portugal, Espanha e Grécia em Perspectiva Comparada, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais.
Lahire, Bernard (2002), Portraits Sociologiques - Dispositions et Variations Individuelles, Paris, Nathan.
Pais, José Machado (2002), Sociologia da Vida Quotidiana, Lisboa, ICS.
Torres, Anália Cardoso (1996), Divórcio em Portugal. Ditos e Interditos, Oeiras, Celta Editora.

Sites nacionais:

INE Portugal:
http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_main

Arquivo de informação social do Instituto de Ciências Sociais:
http://www.apis.ics.ul.pt/

Sites europeus:

European Social Survey:
http://www.europeansocialsurvey.org/

European Values Survey:
http://www.europeanvaluesstudy.eu/

European Commission ? Public Opinion (Eurobarometer):
http://ec.europa.eu/public_opinion/index_en.htm

Outros sites:

ICPSR (Inter-university Consortium for Political and Social Sciences):
http://www.icpsr.umich.edu/icpsrweb/ICPSR/

World Values Survey
http://www.worldvaluessurvey.org/