Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  LETI

Propagação e Radiação de Ondas Electromagnéticas (2 º Sem 2019/2020)

Código: L2102
Acrónimo: L2102
Nível: 1º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 36.0 h/sem 0.0 h/sem 18.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 55.0 h/sem 95.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2018/2019
Pré-requisitos Esta disciplina não tem pré-requisitos formais. No entanto, é muito aconselhado que os alunos detenham conhecimentos sólidos de números complexos e eletromagnetismo.
Objectivos O objetivo da disciplina é dar uma introdução às ferramentas e às técnicas de propagação guiada e propagação em espaço livre, sendo estas bases fundamentais para as restantes cadeiras de telecomunicações do curso.
Programa 1. Linhas de transmissão.
2. Sinais sinusoidais numa linha de transmissão.
3. Carta de Smith.
4. Adaptação de impedâncias (transformador de lambda/4, adaptação com stub simples).
5. Propagação em espaço livre.
6. Propagação em meios com perdas (dielétrico de baixas perdas e bons condutores).
7. Incidência em planos (incidência normal e oblíqua em condutores perfeitos e dielétricos).
8. Guias de ondas (velocidade de fase e de grupo, guias retangulares metálicos, tipo de modos e frequência de corte, adaptação de impedâncias).
9. Guias de ondas circulares e cavidades ressonantes.
10. Radiação (parâmetros das antenas e dípolos).
11. Agregados de antenas (agregados lineares uniformes e não uniformes).
12. Sistemas de transmissão e receção (equação do radar e fórmula de Friis).
13. Outros tipos de antenas (Yagi-Uda, agregado log-periódico de dipolos, parabólicas, antenas impressas).
Processo de avaliação O processo de avaliação é constituído por duas componentes:
1) LABORATORIAL (40%) que consiste na realização de 6 ensaios;
2) ESCRITA (60%) que consiste na realização de 6 minitestes ou de um exame. A avaliação através de minitestes requer que o aluno assista a pelo menos 75% das aulas teóricas lecionadas durante o semestre.

Ambas as componentes de avaliação tem nota mínima de 10 valores. Notas na componente escrita iguais ou superiores a 17 valores estão sujeitas a um exame oral.
Processo de ensino-aprendizagem Esta disciplina funciona com aulas teóricas, onde a matéria teórica é apresentada e seguida de resolução de exemplos/problemas para consolidar os conhecimentos adquiridos. Paralelamente existem aulas de laboratório onde os alunos têm de realizar algumas experiências relacionadas com os conhecimentos lecionados nas aulas teóricas.
Observações 1) COMPONENTE LABORATORIAL: A realização de 6 ensaios de laboratório durante o período de aulas. A nota desta componente é a média das notas dos 5 laboratórios com classificação mais elevada. A não presença de um aluno num ensaio de laboratório corresponde a uma classificação de zero valores nesse ensaio de laboratório. A mesma penalização é aplicada aos alunos que não entreguem o dimensionamento de cada ensaio antes do início da realização do mesmo. A componente laboratorial tem uma nota mínima de 10 valores. A nota da componente laboratorial obtida nos três anos lectivos anteriores pode ser contabilizada para o presente ano letivo. A nota da componente laboratorial conta 40% para a nota final da unidade curricular.

2) COMPONENTE ESCRITA: A realização de 6 minitestes de escolha múltipla sem consulta durante a aula de laboratório. A nota desta componente é a média dos 5 minitestes com classificação mais elevada. A não realização de um miniteste corresponde a uma classificação de zero valores nesse miniteste. Em substituição da nota da componente escrita por minitestes o aluno poderá realizar um exame na 2ª época (época de recurso). Não existirá frequência na 1ª época (época normal). A componente escrita tem uma nota mínima de 10 valores. A nota da componente escrita conta 60% para a nota final da unidade curricular. Notas na componente escrita iguais ou superiores a 17 valores estão sujeitas a um exame oral. A não realização da prova oral implica que a nota da componente escrita é de 16 valores.
Bibliografia básica Engineering Electromagnetics, Kenneth R. Demarest, Prentice-Hall.
Bibliografia complementar Electromagnetics, Joseph A. Edminister, 2nd Edition, Schaum's Outlines Series - McGRAW-HILL.

Field and Wave Electromagnetics, David K. Cheng, 2nd Edition, Addison-Wesley.