Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  LCP

História Política Contemporânea (2 º Sem 2019/2020)

Código: L5151
Acrónimo: L5151
Nível: 1º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 36.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 37.0 h/sem 113.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2014/2015
Pré-requisitos Nenhum
Objectivos


O aluno deve adquirir um conhecimento abrangente da história política europeia entre 1815 e 1945.



Programa Introdução: A ordem europeia saída do Congresso de Viena

1. A Europa nas últimas décadas do século XIX  
A emergência de novos países
A persistência dos velhos impérios
A afirmação colonial e imperial

2. A Europa do dealbar do século XX ao fim  da Primeira Guerra Mundial
Prosperidade e conflitos
A exacerbação nacionalista e a eclosão da guerra
A grande matança. A brutalização da sociedade europeia
A revolução bolchevique

3. A Europa de entre-guerras
Versailles: a paz dos vencedores. A Sociedade das Nações
A fragilidade da República de Weimar  
A disseminação dos regimes autoritários
A ascensão de Hitler. O projecto nazi
Estaline e o estalinismo. O fenómeno totalitário


4. A Segunda Guerra Mundial
O desmoronar da ordem pré-guerra
A guerra: do Blitzkrieg à invasão da URSS
O suplício dos civis: deportações, execuções, massacres, genocídio
A mundialização do conflito e a derrota alemã.
A Europa exausta
Processo de avaliação
A avaliação periódica é constituída pelos seguintes elementos:

a) Assiduidade e participação nas aulas (corresponde a 10%);
b) Apresentação oral de tema do programa (corresponde a 20%);
c) Teste intermédio (corresponde a 30%);
d) Frequência (corresponde a 40%).

Para quem não obtiver aproveitamento na avaliação periódica é obrigatório o exame.
Processo de ensino-aprendizagem As aulas teóricas apoiarão o estudo individual das leituras aconselhadas incluídas na bibliografia. Nas aulas teórico-práticas, os alunos apresentarão os seus trabalhos, os quais serão objecto de comentário e debate, com vista a desenvolver as competências exigidas.
Observações nenhuma
Bibliografia básica Bernard Bruneteau, O Século dos Genocídios, Violências, Massacres e Processos Genocidiários, da Arménia ao Ruanda, Lisboa, Instituto Piaget, 2008
Jean Carpentier e François Lebrun, História da Europa, Lisboa, Estampa, 1993
Nial Ferguson, Civilização, o Ocidente e os Outros, Porto, Civilização Editora, 2012
Eric Hobsbawm, A Era dos Extremos, Lisboa, Editorial Presença, 1996
James Joll, A Europa desde 1870, Lisboa, Dom Quixote, 1995
David S. Landes, A Riqueza e a Pobreza das Nações, Lisboa, Gradiva, 2005
Mark Mazower, Dark Continent. Europe's Twentieth Century, New York, Vintage Books, 1998
J.M. Roberts, História do Século XX, vol. I, Lisboa, Ed. Presença, 2007
Francisco Carlos Teixeira da Silva, Enciclopédia de Guerras e Revoluções do século XX. As Grandes Transformações do Mundo Contemporâneo, Rio de Janeiro, Elsevier, 2004
Dominique Venner, O Século de 1914. Utopias, Guerras e Revoluções na Europa do Século XX, Porto, Civilização Editora, 2009


Bibliografia complementar Anne Applebaum, Gulag: uma História, Porto, Civilização, 2005
Hannah Arendt, As Origens do Totalitarismo, 2ª ed., Lisboa, Dom Quixote, 2006
F. Fernández-Armesto, As Américas, Rio de Mouro, Círculo de Leitores, 2004
Archie Brown, Ascensão e Queda do Comunismo, Lisboa, D. Quixote, 2010
Stéphane Courtois e outros, O Livro Negro do Comunismo. Crimes, Terror e Repressão, Lisboa, Quetzal, 1999
Norman  Davies, A Europa em Guerra, 1939-1945, Lisboa, Edições 70, 2008
Dossier "50 anos depois da morte de Estaline", Público, 5.3.2003
Norbert Elias, Os Alemães. A Luta pelo Poder e a Evolução do Habitus nos séculos XIX e XX, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1997
Trond Berg Eriksen e outros, História do Anti-semitismo, Lisboa, edições 70, 2010
François Furet, O Passado de uma Ilusão. Ensaio sobre a Ideia Comunista no século XX, Lisboa, Presença, 1996
Ernest Gellner, Condições da Liberdade, Lisboa, Gradiva, 1995
Ernest Gellner, Dos Nacionalismos, Lisboa, Teorema, 1998
Stephen G. Haw, História da China, Lisboa, Tinta da China, 2008
Kenneth Henshall, História do Japão, Lisboa, Edições 70, 2008
Dennis P. Hupchick, The Balcans. From Constantinople to Communism, Palgrave Macmillan, 2004
Tony Judt, Pós-Guerra. História da Europa desde 1945, Lisboa, Edições 70, 2007
John Keegan, O Rosto da Batalha, Lisboa, Fragmentos, 1987
Ian Kershaw, Hitler, London, Penguin Books, 2008
Arno J. Mayer, The Furies. Violence and Terror in the French and Russian Revolutions, Princeton University Press, 2002
Mark Mazower, Os Balcãs. História Breve, Lisboa, Círculo de Leitores, 2003
Mark Mazower, Hitler's Empire, Nazi Rule in Occupied Europe, London, Penguin Books, 2009
Simon Sebag Montefiore, O Jovem Estaline, Lisboa, Alêtheia, 2008
Simon Sebag Montefiore, Estaline, A Corte do Czar Vermelho, Alêtheia Editores, 2003
George L. Mosse, De la Grande Guerre au Totalitarisme, Paris, Hachette, 1999
Victor Neto, "O atentado de Seravejo e as origens da Grande Guerra" Revista de História das Ideias, 2009, vol. 30, pp.473-489
Stéphane Audoin- Rouzeau e Annette Becker, "Violência e consentimento: a 'cultura de guerra' no primeiro conflito mundial" in J.-P. Rioux, J.-F. Sirinelli, Para uma História Cultural, Lisboa, Estampa,1998 pp. 237-251
Lionel Richard, A República de Weimar (1919-1933), S. Paulo, Companhia das Letras, s.d.
Alain Sked, Declínio e Queda do Império Habsburgo, Lisboa, Edições 70, 2008
Timothy Snyder,Terra Sangrenta. A Europa entre Hitler e Estaline, Lisboa, Bertrand Editora, 2011
Zara Steiner, The Lights that Failed: European International History, 1919-1933, Oxford, Oxford University Press, 2005
Michael Sturmer, O Império Alemão, Rio de Mouro, Círculo de Leitores, 2003
Paul Weindling, Health, Race and German Politics Between National Unification and Nazism 1870-1945, Cambridge University Press, 1993
Paul Weindling, Epidemics and Genocide in Eastern Europe, 1890-1945, Oxford, Oxford university Press, 2000
Henri Wesseling, Les Empires Coloniaux Européens, 1815-1919, Paris, Ed. Gallimard, 2009

Outras leituras
Alexandre Soljenitsine, Arquipélago de Gulag, 2 vols., Lisboa, Bertrand, 1977
Jonathan Littell, As Benevolentes, Lisboa, Dom Quixote, 2007
Eric Hobsbawm, Tempos Interessantes, Uma Vida no Século XX, Porto, Campo das Letras, 2005
Tony Judt, O Século XX Esquecido. Lugares e Memórias, Lisboa, Edições 70, 2009
Tony Judt, Um Tratado Sobre os Nossos Actuais Descontentamentos, Liboa, Edições 70, 2010
Tony Judt, O Chalet da Memória, Lisboa, Edições 70, 2011
Daniel Mendelsohn, Os Desaparecidos. À Procura de Seis em Seis Milhões, Lisboa, D. Quixote, 2009
W. G. Sebald, Austerlitz, Lisboa, Teorema, 2004
W. G. Sebald, História Natural da Destruição, Lisboa, Teorema, 2006
Elias Canetti, A Língua Posta a Salvo, Porto, Campo das Letras, 2008
Primo Levi, Se Isto É Um Homem, Lisboa, Teorema, 2001