Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MEECult , MEGC

Questões de Museologia (1 º Sem 2019/2020)

Código: M6100
Acrónimo: M6100
Nível: 2º Ciclo
Estruturante: Não
Língua(s) de Ensino: Português
Língua(s) amigável(is):
Ser English-friendly ou qualquer outra língua-friendly, significa que a UC é leccionada numa língua mas que se pode verificar qualquer uma das seguintes condições:
1. Existem materiais de apoio em língua inglesa/outra língua;
2. Existem exercícios, testes e exames em língua inglesa/outra língua;
3. Existe a possibilidade de se apresentar trabalhos escritos ou orais em língua inglesa/outra língua.
1 6.0 0.0 h/sem 20.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 0.0 h/sem 1.0 h/sem 21.0 h/sem 129.0 h/sem 0.0 h/sem 150.0 h/sem
Em vigor desde o ano letivo 2019/2020
Pré-requisitos -
Objectivos -A UC pretende dar conta dos problemas colocados aos museus nos dias de hoje. A transformação do modelo 'tradicional' de museu ao modelo de várias sucursais, as questões éticas relacionadas com a propriedade cultural dos objectos e sua restituição. Serão também abordadas a questão da descolonização dos museus e o desenvolvimento de museus de migração.  Por último, a cadeira pretende analisar as transformações da instituição museu nos últimos 20 anos : os museus sem coleção, a tensão entre a arquitetura  dos museus e os objetos  expostos e o papel crescente dos museus no desenvolvimento económico das cidades ( Bilbao e Metz) e na indústria do turismo.
Programa 1.Introdução. A definição de museu do ICOM
2. A importância das Exposições Universais na emergência dos museus; museus enquanto espaços públicos e a noção de cidadania.
3.Museus e questões éticas. A restituição de objectos e a questão da propriedade cultural. A noção de museu universal.
4. Museus, centros culturais e centros de cultura. A cultura como consumo. .A criação de sucursais de museus
5) Museus e identidades - nacionais, transnacionais e post- nacionais
6. Descolonizar o museus e as coleções como heranças coloniais
7. Museus e migração
8. A noção de Museu imaginário ( Malraux) e os museus virtuais
9. Lugares de memória, museus-memoriais e museus de consciência
10) Museus e indústria cultural. As exposições Blockbuster. A indústria da moda e os museus.
Processo de avaliação A Avaliação desta UC é do tipo avaliação continua. Os intrumentos de avaliação são os seguintes:  
a) Um trabalho final escrito entre 8 a 10 páginas sobre uma das secções do programa ou sobre um museu/exposição (70%);
b)  leitura prévia dos textos e participação nas aulas (10%),
c) um relatório escrito sobre um dos textos de leitura obrigatória (20%).

Possibilidade de exame final escrito. Não há prova oral.

II)  exame final para os alunos que optarem por esta modalidade.
Processo de ensino-aprendizagem As aulas são teórico-práticas. O docente exporá os conteúdos programáticos, cada sessão tem um texto de leitura obrigatório que será objecto de discussão no espaço da aula. Pretende-se fomentar o debate critico e sensibilizar os discentes para a maneira como osa instituição museu participa e é um agente activo nas questões societais.
Observações -
Bibliografia básica -Bennett Tony 1995. The Birth of the Museum. History, Theory, Politics, London and New York, Routledge.
- Cuno James. 2010. Who Owns Antiquity? Museums and the Battle over ancient Heritage, Princeton University Press.
-- Gurian Elaine H., 'What is the object of this exercise? A meandering exploration of the many meanings of objects in museums', Daedalus, 163-184 ( online).  
- MacDonald, Sharon ed., 2006. A Companion to Museum Studies, Blackwell.
-Kirshenblatt-Gimblett Barbara, Destination Culture. Tourism, Museums, and Heritage, Berkeley and Los Angeles, California University Press, 1998.
-Sandell, Richard, 2007. Museums, Prejudice and The Reframing of Difference, London/ New York, Routledge.
-
Bibliografia complementar - Alberti, Samuel, M. Chapman, R. Drew, 2009. 'Should we display the dead?', Museum and Society, 7 (3), 1433-149 ( online).
- Bennett T. Cameron F, Dias N, and all. 2017. Collecting, Ordering, Governing. Anthropology, Museums, and Liberal Government, Duke University Press.
-Borrelli and Davis, 'Reflections on Eco-museums practices', Nature and Culture, 7 (1), 2012, 31-47.
- Cimoli, A.C. 2013. 'Migration Museums in Europe', European Museums in the 2ist Century, vol.3, online
- Clifford, J. 1988. The Predicament of Culture. Twentieth Century Ethnography, Literature,and Art, Harvard University Press.
-De Cesari, 2017 'Museums of Europe: Tangles of Memory, Bordering and Race', Museum Anthropology, 19-37.
- Dias, N. 2008. 'Cultural Difference and Cultural Diversity', in Sherman ed, Museums & Difference, Bloomington, Indiana University Press.
- Duncan Carol, 1995. Civilizing Rituals. Inside Public Art Museums, London and New York, Routledge.
Findlen, Paula, 'The Museum: Its Classical Etymology andRenaissance Genealogy', Journal of the History of Collections, 1989, 59-78.
-Hooper-Greenhill E., 1992. Museums and the Shaping of Knowledge, London and New York, Routledge.
--Karp Ivan , Corinne Kratz e all., ed., 2006. Museum Frictions. Public Cultures/Global Transformations, Durham, Duke University Press.
- Kuper, A. 2017 'Bones of Contention', Times Literary Supplement, 19 April.
-Leher, Erica et al, 2011. Curating Difficult Knowledge - Violent Pasts in Public Places, Hampshire and New York, Palgrave Macmillan.
- Levitt, P. 2015. Artifacts and Allegiances. How Museums put the Nation and the World on Display, University of California Press.
- McClellan Andrew, 2008. The Art Museum from Bouillée to Bilbao, California, University of California Press.
- Macdonald, S. 2008 'Museums, national, postnational and transnational identities', Museum and Society, 1-16 ( online)
- Malraux, A. O museu imaginário, Lisboa, Edições 70, 2014.
- O'Neill, Mark, 2004. 'Enlightenment Museums : universal or merely global?', Museum and Society, 2 (3), 190-202 ( online).
-Poulot Dominique. Musée et Muséologie. Paris, La Découverte, 2005.
-Simine, Silke Arnold-de, 2013. Mediating Memory in the Museum - Trauma, Empathy, Nostalgia, Hampshire and New York: Palgrave Macmillan
-Thomas, N. 2010. 'The Museum as Method', Museum Anthropology, vol.35, 6-10.
-Thomas, N. 2017.The Return of Curiosity, What Museums are good for in the "1st Century, Reaktion Books.
-Williams, Paul, 2007. Memorial Museums - The Global Rush to Commemorate Atrocities, New York, Berg.