Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MG  >  Gestão - 2011  >  Currículo  >  Controlo das Entidades Públicas

Mestrado em Gestão

Plano curricular Gestão - 2011


Controlo das Entidades Públicas (01907)

Contextos

Grupo: Gestão - 2011 > 2º Ciclo > Optativas > 1º Ano - 2º Semestre

Período: 1º Ano, 2º Semestre

Créditos ECTS

6.0

Tipo de ensino

Ensino presencial

Língua(s) de Ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Objectivos Gerais

Objetivos gerais
Pretende-se que os alunos, no final da unidade curricular, sejam capazes de identificar os stakeholders das entidades públicas e respectivas necessidades informativas, bem como entender as especificidades dos sistemas de informação para a gestão aplicáveis às entidades públicas e às instituições sem fins lucrativos

Objectivos de Aprendizagem

No final do período curricular desta UC, o aluno deverá:

1. Aplicar as principais ferramentas de Gestão Orçamental Pública e os instrumentos adequados à prestação de responsabilidades nas entidades públicas;
2. Identificar as características específicas dos sistemas contabilísticos, nacionais e internacionais, subjacentes ao reporting financeiro das entidades públicas;
3. Avaliar os novos desafios da utilização de medidas financeiras e não financeiras para avaliar a performance das entidades públicas;
4. Conhecer os principais sistemas de controlo interno e externo utilizados monitorizar o desempenho das entidades públicas.

Programa

1 ? Enquadramento
Stakeholders das entidades públicas e Accountability;
A New Public Management e a gestão por objectivos das entidades públicas
2 ? Processos e Controlo Orçamentais
Diferentes abordagens no processo de elaboração do orçamento
O processo orçamental em Portugal de acordo com o POCP
3 ? Financial Reporting
Normalização contabilística internacional ? o papel do IPSASB
Normalização Contabilística e características dos sistemas de reporte financeiro em Portugal - POCP e Planos Sectoriais 4 ? Controlo de Gestão e Avaliação da Performance
Instrumentos para a avaliação do ?Value for Money? nas entidades públicas
Medidas financeiras e não financeiras para a avaliação da performance
5 ? Sistemas de Monitorização e Controlo
Controlo interno versus controlo externo
Da auditoria financeira à auditoria do desempenho

Processo de avaliação

A avaliação processa-se em duas épocas: Normal e de Recurso. Na Época Normal, os alunos que optem pela avaliação contínua, terão de ter uma assiduidade mínima de 80% e a avaliação compreende:
Elaboração, apresentação em aula e entrega de trabalhos de grupo ? 50%;
Realização da frequência/exame, que abarca toda a matéria em época normal ? 50%.
Obterão aprovação na UC os alunos com nota final maior ou igual a 10 valores

Processo de ensino-aprendizagem

O aluno deverá adquirir e/ou desenvolver competências de análise e síntese, de pesquisa, de crítica, de comunicação escrita e oral, em conformidade com os objectivos definidos. Serão utilizadas as seguintes metodologias de ensino-aprendizagem (MEA):
1. Expositivas, com apresentação de temas teóricos
2. Participativas, com análise de casos práticos
3. Activas, com realização de trabalhos de grupo
4. Auto-estudo, com o trabalho autónomo do aluno, conforme Planeamento das Aulas

Bibliografia

Básica

- Jones, R. e M. Pendlebury (2010), Public Sector Accounting, 6th Edition, London: Prentice-Hall.
- Pinto, Ana Calado, Santos, Paula Gomes e Melo, Tiago Joanez (2013), Gestão Orçamental e Contabilidade Pública, ATF Edições.
- Jesus, M.A. (2010), A Contabilidade Pública e a Contabilidade Nacional: Principais divergências e impacto no défice público em Portugal, FCT/Gulbenkian, edição de textos universitários.

Complementar

- Frade, Carlos Manuel (2003), Gestão das Organizações Públicas e Controlo do Imobilizado, Áreas Editora.
- Pinto, Ana Calado e Santos, Paula Gomes (2005), Gestão Orçamental Pública, Publisher Team, Lisboa.
- Coombs, H.M. and Jenkins, D.E. (2002), Public Sector Financial Management, 3th Edition, Thomson Learning, London.

- Additonal lectures ? referencial papers