Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MGRH  >  Gestão de Recursos Humanos - 2011  >  Currículo  >  Teoria e Política Monetária

Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Plano curricular Gestão de Recursos Humanos - 2011


Teoria e Política Monetária (01928)

Contextos

Grupo: Gestão de Recursos Humanos - 2011 > 2º Ciclo > Optativas > 1.º Ano - 2.º Semestre

Período: 1º Ano, 2º Semestre

Créditos ECTS

6.0

Tipo de ensino

Ensino presencial

Língua(s) de Ensino

Inglês

Pré-requisitos

Macroeconomia

Objectivos Gerais

Este módulo pretende contribuir para um entendimento avançado das teorias e políticas monetárias.

Objectivos de Aprendizagem

O objetivo da disciplina é desenvolver as seguintes competências:

1. Conhecimento e compreensão dos principais modelos monetários modernos.

2. Capacidade de obter os impactos que variações na massa monetária e nas taxas de juro têm no PIB e inflação no curto prazo, com preços flexíveis e rígidos.

3. Capacidade de avaliar a adequação de uma política monetária para atingir objetivos macroeconómicos específicos.

4. Capacidade de elaborar argumentos fundamentados teórica, lógica e factualmente e de os comunicar a outrem.

Programa

1.O modelo básico de equilíbrio geral dinâmico

2.Modelos de equilíbrio geral dinâmico com sector monetário

3.Moeda, produto e inflação no curto prazo com preços rígidos

4.Política monetária no modelo novo keynesiano

5.Moeda em economia aberta

6.O canal do crédito da política monetária

7.Política monetária e mercados financeiros

8.Tópicos diversos

Processo de avaliação

A avaliação final terá os instrumentos e momentos de avaliação previstos no regulamento de avaliação de conhecimentos do ISCTE.
Na 1ª Época de exames os alunos podem escolher entre:
- Avaliação contínua: apresentação na aula (20%), teste intermédio (30%) e teste final (50%)
- Exame final (100%)
Na 2ª Época o exame final tem uma ponderação de 100% na nota final.
A participação na avaliação contínua requer uma assiduidade às aulas igual ou superior a 80%.

Processo de ensino-aprendizagem

São utilizados as seguintes metodologias pedagógicas:
- Expositivas para apresentação das teorias de referência
- Participativas, com a resolução de exercícios.
- Ativas com a realização de trabalho de grupo.
- Auto-estudo, relacionado com o trabalho autónomo do aluno, tal como consta no Planeamento das Aulas. O auto-estudo e o trabalho de grupo implicam a análise de artigos científicos.
- Orientação tutorial, especialmente durante o horário de atendimento.


Observações

Horário de atendimento: a ser definido

Bibliografia

Básica

Walsh, C. (2010), Monetary Theory and Policy, third edition, MIT Press.

Romer, D. (2011), Advanced Macroeconomics, 4th edition, McGraw-Hill.

Complementar

Bernanke, B., Gertler, M. and Gilchrist, S. (1996), "The financial accelerator and the flight to quality", The Review of Economics and Statistics, Vol. LXXVIII (1), Feb.

Clarida, R., Galí, J., Gertler, M. (1999), "The science of monetary policy: A new Keynesian perspective", Journal of Economic Literature, Vol. XXXVII (Dec), pp. 1661-1707.

European Central Bank (2004), The Monetary Policy of the ECB, ECB

Galí, J. (2009), "Inflation and business cycle: An introduction to the new Keynesian Framework", Princeton University Press

Galí, J., Gertler, M. (1999), "Inflation dynamics: A structural econometric analysis", Journal of Monetary Economics, 44, pp. 195-222.

Gertler, M. and Kiyotaki, N. (2011), "Chapter 12 - Financial intermediation and credit policy in business cycle analysis", in Friedman B.M. and Woodford, M. (Eds), Handbook of Monetary Economics, Vol. 3

Goodfriend, M. (2002), "Monetary policy in the New Neoclassical synthesis: A primer", International Finance, 5:2, pp. 165-191.

Henry, S.G.B., Pagan, A.R. (2004), "The econometrics of the New Keynesian policy model: Introduction", Oxford Bulletin of Economic and Statistics, 66, Supplement.

Leão, E. R. (2003), "A dynamic general equilibrium model with technological innovations in the banking sector", Journal of Economics, 2, pp. 145-185.

Leão, E. R., Leão, P. R. (2007), "Modelling the central bank repo rate in a dynamic general equilibrium framework", Economic Modelling, 24, pp. 571-610.

Leão, E. (2008), "A decentralized approach to general equilibrium analysis", Dinamia'Cet-IUL Working Paper nº 2008/66.

Mishkin, F. S. (2008), "Exchange rate pass-through and monetary policy", NBER Working Paper 13889, April.

Wickens, M. (2008), "Macroeconomic Theory: A dynamic general equilibrium approach", Princeton University Press

Woodford, M. (2003), Interest and Prices: The Foundations of Theory of Monetary Policy, Princeton University Press.