Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Sub Menu
ISCTE-IUL  >  Ensino  >  MGRH  >  Gestão de Recursos Humanos - 2011  >  Currículo  >  Entrepreneurial Finance

Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Plano curricular Gestão de Recursos Humanos - 2011


Entrepreneurial Finance (M8500)

Contextos

Grupo: Gestão de Recursos Humanos - 2011 > 2º Ciclo > Optativas > 1.º Ano - 2.º Semestre

Período: 1º Ano, 2º Semestre

Créditos ECTS

3.0

Tipo de ensino

Ensino presencial

Língua(s) de Ensino

Inglês

Pré-requisitos

Licenciatura (1º ciclo)

Objectivos Gerais

Esta unidade curricular visa transmitir os elementos fundamentais de avaliação e financiamento de uma oportunidade de negócio focando-se na dimensão financeira do plano de negócio. Os alunos deverão aprender a construir um plano financeiro que cobre o período entre o investimento e a saída, bem como servir de base à partilha de valor entre o empreendedor e o investidor.

Objectivos de Aprendizagem

1 - Analisar, sintetizar e resolver problemas complexos, utilizando instrumentos financeiros adequados à análise temporal do dinheiro.
2 - Compreender os principais desafios associados ao lançamento de um novo negócio, em contexto competitivo, utilizando técnicas de avaliação adequadas.
3 - Construir instrumentos de suporte ao lançamento de um novo negócio com destaque para o plano financeiro que serve tanto o empreendedor como outros potenciais investidores.

Programa

1.- O ambiente e o empreendedor:
O papel do mercado e intermediação financeira; condições legais e culturais; o perfil do empreendedor.
2.- Plano de negócios e fontes de valor:
Objectivos e componentes do plano de negócios. Fontes de valor e miopia de capital. Valor da flexibilidade e opções reais. Risco e ilusão financeira. Pirâmides de Ponzi.
3.- Planeamento financeiro
4.- Avaliação do novo projecto
Ópticas de Avaliação. Método dos múltiplos, cash-flows actualizados, valor actual líquido ajustado e opções reais. Métodos usados pelas sociedades do capital de risco. Técnicas de recolha de informação (due diligence).
5.- Financiamento
Fontes de financiamento e ciclo de vida do projecto. Fundos próprios, business angels, capital de risco, leasing, crédito bancário. Partilha de valor entre a SCR e o empreendedor.
6.- Colheita e reestruturação
Planeamento da saída. Colocação privada e em bolsa (IPO). Reestruturação e liquidação.

Processo de avaliação

Ao longo do semestre lectivo são realizadas as seguintes provas de avaliação:
Elaboração e apresentação de caso sobre criação e desenvolvimento de um negócio, em grupo sobre uma start-up portuguesa - (40%)
Resolução de casos e participação nas aulas - 10%.
Os grupos de trabalho devem preferencialmente incluir 5 elementos
Exame Final: 50%.

Processo de ensino-aprendizagem

As aulas de EF são essencialmente práticas, contando com a participação pontual de empreendedores e outros especialistas.
Os estudantes são encorajados a apresentar os seus pontos de vista e fazer pequenas apresentações de tópicos específicos. Tanto o quadro como o power point são usados ao longo das aulas.
Fora da sala de aula os alunos deverão resolver casos e exemplos em folha de cálculo, ler a bibliografia recomendada e fazer pesquisa de dados na Internet e em bases de dados.

Bibliografia

Básica

Leach, J. e R. Melicher (2011) Entrepreneurial Finance, Thomson.

Denis, D. (2004) "Entrepreneurial finance: an overview of the issues and evidence", Journal of Corporate Finance, 10, pp. 301- 326.

Sahlman, W. (2003) "A method for valuing high risk, long-term investments", Harvard Business School

Esperança, J. (1995) Rendibilidade, Liquidez e o Financiamento das PMEs, Revista Portuguesa de Gestão.

Luherman, T. (1998) "Investment Opportunities as Real Options: Getting Started on the Numbers", Harvard Business Review, July-August, pp. 51-67.

Smith, J., R. Smith and R. Bliss(2011) Entrepreneurial Finance: strategy, valuation and deal structure, Stanford University Press.

Timmons, J., A. Zacharakis and S. Spinelli (2011) "Business Plans that Work", McGraw-Hill

Zider, B. (1998) "How Venture Capital Works", Harvard Business Review, Nov.-Dez., pp. 131-139.

Complementar

Andrew W. e Y. Vijay (2008) Entrepreneurial finance: Banks versus venture capital, Journal of Financial Economics.

Davilaa, A., Fostera, G. e Guptab, M. (2003) "Venture capital financing and the growth of startup firms", Journal of Business Venturing 18 (2003) 689-708.

Dushnitsky, G. and Lenox, M. (2005) When do incumbents learn from entrepreneurial ventures? Corporate venture capital and investing firm innovation rates, Research Policy, 34, pp. 615-639.

Kim, M. e J.R. Ritter (1999) "Valuing IPOs", Journal of Financial Economics, 53, pp. 409-38.

Sahlman, W. (1997) "How to Write a Great Business Plan", Harvard Business Review, Jul.- Ago., pp. 98-108.